Discofonia 69 – Fim da Linha

Estive em Portland, nos EUA, nesta semana e acabei sem tempo de blogar, mas, para o fim de semana eu deixo um podcast com a trilha sonora do filme Fim da Linha, dirigido… Continuar lendo

Meia hora de shuffle – Andrew Bird

1.Talking to the Tree – Fred Frith Jauniaux – Hallellujah Anyway 2. Whipping the Horses’s Eyes – Calexico – Feast of the Wire 3. Em Tão Pouco Tempo Escureceu Tanto- Maria João e… Continuar lendo

Meia hora de shuffle – Señor Coconut

1.You Become Moonlight – Pinkie Maclure – Favourite 2. Passing – Tom Cora – It’s a Brand New Day 3. Horse Latitudes South – Groundtruther – Latitude 4. My Oblivion – Tindersticks –… Continuar lendo

Morre baterista do Neu!

[kml_flashembed movie=”http://www.youtube.com/v/iPuBCfvMrBA” width=”425″ height=”350″ wmode=”transparent” /] Coisas da vida… Hoje foi divulgada a morte do baterista do Neu!, Klaus Dinger. Dinger é foi uma figura seminal para o krautrock, primeiro baterista do Kraftwerk,… Continuar lendo

Meia hora de shuffle – Modeselektor

1. Click Clack (Live 1973) – Captain Beefheart – Grow Fins: Rarities 2. Suicidegirls – Atmosphere – Seven’s Travels 3. Let Your Love Grow featuring Apparat and Paul Saint Hilaire – Modeselektor –… Continuar lendo

Nasi x Pepe Escobar, a real

foto: Marcos Vilas Boas/Trip Nasi, o ex-vocalista do Ira! que volta agora à ativa com uma nova banda, será o entrevistado de Páginas Negras da edição de abril da Trip. Eu e a… Continuar lendo

Meia hora de shuffle – Jóhann Jóhannsson

1. El Cristal – Juana Molina – Tres Cosas 2. Time of No Reply – Nick Drake – Made Love to Magic 3. The Dust Blows Forward N’ the Dust Blows Back –… Continuar lendo

Clássico moderno

Uma das coisas mais legais de a música eletrônica ter virado bastante mainstream na última década é o tipo de intersecção com outros estilos que ela permite. Para quem gosta del ver como… Continuar lendo

Meia hora de shuffle – Tom Waits

1. Writer’s Block – Peter Bjorn and John – Writer’s Block 2. Compassion – Ornette Coleman – Tomorrow Is the Question 3. Altar Boy – Tom Waits – Orphans: Brawlers, Bawlers & Bastards… Continuar lendo

A volta dos mortos vivos

Pois é, depois de quase um ano com o Discofonia na geladeira, eu resolvi tomar vergonha na cara e reeditar o blog. Como é uma reedição, continuam as já clássicas notícias, as peneiras… Continuar lendo